Luxemburgo é dos países que menos discriminam na UE

Um estudo do Eurobarómetro revela os "bons" resultados. Mas, mesmo assim, continua a haver discriminação que é preciso combater.

O Luxemburgo é entre os 28 da União Europeia  um dos mais abertos à diversidade e que melhor aceita outras raças, credos ou orientações sexuais na sua sociedade. Mas neste país de imigrantes, a discriminação continua a existir.

 Uma sociedade multirracial, com várias religiões, e onde as pessoas podem assumir a sua identidade género e orientações sexuais. É assim que o Grão-Ducado é visto no relatório especial 'Discriminação na União Europeia', realizado pelo Eurobarómetro, através de um inquérito nos 28 países da EU e divulgado há dias.

Seja na esfera política, pública ou pessoal, os habitantes do Luxemburgo dizem não sentir que haja muita discriminação e que eles próprios se sentem confortáveis com outras vivências e religiões na sua família.

No geral, o Luxemburgo surge na maioria das vezes entre a sexta e a oitava posição da tabela dos 28 países da UE que menos discriminam.

 

Read more...

LOADING